Banner Homepage

Palavras chave | Key Words

Açores | África | Afrodite | Agricultura | Alemanha | Alentejo | Algarve | América | Anais | Angola | Anti-Clericalismo | Antologia | Árabe | Aramaico | Arqueologia | Arquitectura | Arquitectura Militar | Arquitectura Religiosa | Arte | Arte Monumental | Arte Popular | Arte Portuguesa | Artes Decorativas | Artes Plásticas | Artesanato | Autógrafos | Aveiro | Azurara | Barrancos | Beira | Bibliofilia | Bibliografia | Biografia | Botânica | Braga | Bragança | Brasil | Cabo Verde | Caça | Calão | Camiliana | Camilo | Caminhos de Ferro | Camões | Caricaturas | Casa de Bragança | Castelo Branco | Castelo de Vide | Catálogo | Ceilão | Censura | Cerâmica | Cervantes | Ceuta | Chaves | China | Ciências | Ciganos | Cister | Coimbra | Colonização | Conto | Contos | Costumes | Cristãos Novos | Crítica | Crónica | Culinária | D. Henrique | D. João V | Dança | Descobrimentos | Descolonização | Diário | Dicionário | Diplomacia | Direito | Ditadura | Douro | Economia | Edição especial | Educação | Educação Sexual | Egipto | Emigração | Ensaio | Epístola | Epistolografia | Ericeira | Erotismo | Escultura | Esoterismo | Espanha | Estado Novo | Estanho | Estremoz | Estudos Pessoanos | Etnografia | Europa | Expedição | Fado | Fauna | Fernando Pessoa | Figueira da Foz | Filologia | Filosofia | Flora | Folclore | Fotografia | França | Galiza | Genealogia | Geografia | Goa | Grécia | Guerra | Guerra Peninsular | Guiné | Hagiografia | Hebraico | História | História Natural | Idade Média | Igreja | Iluminura | Ilustração | Imprensa | In Memoriam | Índia | Inglaterra | Inquisição | Integralismo Lusitano | Islão | Itália | Japão | Jesuítas | Jogo de Cartas | Jornalismo | Judeus | Latim | Leiria | Liberalismo | Linguagem | Linguística | Lisboa | Literatura | Literatura de Viagens | Literatura Infantil | Literatura portuguesa | Livro | Lusíadas | Macau | Madeira | Malacologia | Marfim | Mariana Alcoforado | Marinha | Marquês de Pombal | Marrocos | Medicina | medieval | Memórias | Minho | Misericórdias | Missões | Mitologia | Moçambique | Moçarabe | Moda | Modernismo | Monarquia | Monarquia Constitucional | Muçulmanos | Música | Música Portuguesa | Neo-Realismo | Novela | Novelas | Novo Cancioneiro | Ordem Monástica | Oriente | Ourivesaria | Paleografia | Pesca | Pintura | Piratas | Poesia | Poesia Trovadoresca | Polémica | Polícia | Política | Porto | Portugal | Presença | Primeira Guerra Mundial | Primeiras edições | Propaganda | Prostituição | Queirosiana | Quintentista | Rafael Bordalo Pinheiro | Raro | Regional | Religião | Religiosa Portuguesa | Renascimento | República | Restauração | Revista | Romance | Romanceiro | Romantismo | S. Tomé e Príncipe | Salazar | Sebastianismo | Segunda Guerra Mundial | Sermão | Sertã | Setubal | Sexualidade | Sintra | Sociedade | Solares | Tauromaquia | Tavira | Teatro | Tecnologia Tradicional | Teologia | Termas | Terminologia Militar | Têxteis | Timor | Tipografia | Tiragem Especial | Tomar | Torres Vedras | Tradução | Trás-os-Montes | Tratado | Turismo | Ultramar | Viagens | Viana do Castelo | Vila Real | Vinho | Viseu | Vista Alegre | Zoologia

Módulo background

Montra de Destaques

Referência:13395
Autor:FONSECA, Manuel da
Título:SEARA DE VENTO
Descrição:

Ulisseia, Lisboa, 1958. In-8º de 171-(1) págs. Br. Sobrecapa editorial com ilustração de Vespeira. Valorizado pela expressiva dedicatória autógrafa.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Primeira edição deste excelente livro de Manuel da Fonseca, autor vigiado pelo regime salazarista, tendo a publicação deste livro sido autorizado após apreciação da Direcção dos Serviços de Censura.
A obra, dentro da estética neo-realista inspira-se num acontecimento verídico que ocorreu na aldeia da Trindade (Beja), Manuel da Fonseca descreve um episódio ocorrido em 1932, nessa aldeia, o assassinato de António Dias Matos, operário agrícola, pela GNR e constitui um testemunho de um "tempo" de repressão, fome, humilhação e privação de direitos nos campos do Sul de Portugal.

 

Preço:40,00€

Referência:12533
Autor:PALAFOX Y MENDOZA, Juan de
Título:LUZ A LOS VIVOS, Y ESCARMIENTO EN LOS MUERTOS
Descrição:

En Madrid Por Bernardo de Villa-Diego, Madrid, 1668. In-4º de  40-380-28 págs. Encadernação coeva em pele com floroes e dizeres gravados na lombada apresentado localmente fortes sinais de manuseamento, sem prejuizo da estrutura sólida do livro. Mancha de humidade em alguns fólios. Primeira folha com ligeira falha de papel marginal. Folha de rosto com cercadura decorada. Texto impresso em  duascolunas.

MUITO RARO.

Observações:

Obra mística, escrita por Don Juan de Palafox y Mendoza no século XVII, de grande difusão nos  séculos XVII e XVIII, é considerada uma das obras religiosas mais obscuras da época pois nele se abordam os contactos  de freiras com defuntos que lhes narram os seus pecados e castigos e que servem com alegorias para os leitores.

 

Preço:180,00€

Referência:13361
Autor:REDOL, Alves
Título:FANGA romance
Descrição:

Portugália Editora, Lisboa, 1943. In-8º  de 353 págs. Br. Miolo com alguns picos de acidez. Com uma pequena assinatura de posse. Capa de Fred Kradolfer.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Um dos livros mais importantes de  Alves Redol, é um exemplo típico do neo-realismo português onde os trabalhadores, sujeitos a brutal exploração, começam a despertar para uma consciência de classe.

"Para vocês, fangueiros dos campos da Golegã, escrevi este livro. Que algum dia o possam ler e rectificar, pois o romance da vossa vida só vocês o poderão escrever."

Preço:25,00€

Referência:12835
Autor:ROSA, José António da
Título:COMPENDIO DAS MINASdedicado ao Serenissimo Senhor D. João Príncipe do Brazil. Composto por José Antonio da Rosa, Sargento Môr, e Lente de Artilharia na Real Academia Militar.
Descrição:

Na R. Typ. de João António da Silva Impressor de Sua Magestade, Lisboa, 1794. In-8.º de VI-268-(6) págs + 7 tábuas desdobráveis em extra texto entre as páginas 106 e 107 + 15 estampas desdobráveis em extra texto no final do volume. Encadernação meia inglesa com dizeres a ouro na lombada. Miolo muito fresco e limpo.

Segunda edição («segunda impreffaõ»)

RARO.

Observações:

 Obra dedicada às minas explosivas e que serviu de base às lições que o autor deu na Academia Real das Fortificações, onde era Lente.

Inocêncio IV, 246. "JOSÉ ANTONIO DA ROSA, Tenente general, Conselheiro de guerra, e Commandante geral da Artilheria Deputado ás Côrtes constituintes de 1821, etc. Foi, segundo creio, natural de Lisboa, e parece ter falecido pelos annos de 1831 ou 1832. Na Galeria dos Deputados das referidas Côrtes, já por vezes citada, lê-se a respeito d"elle o juizo seguinte: «Homem probo, de rectas intenções, e sabedor de sua profissão militar, porém quasi nullo em materias politicas, o illustre deputado Rosa tem sido regular nas votacões, e guardado um supersticioso silencio.» Compendio das minas, dedicado ao serenissimo sr. D. João, principe do Brasil. Lisboa, na Offic. de João Antonio da Silva 1791. 4.º de VI 268 pag. com quinze estampas. O auctor compoz esta obra para servir de texto ás lições na Academia Real de Fortificação, onde elle então era Lente."

Preço:195,00€

Referência:13328
Autor:SILVA,Luciano Pereira da
Título:A ARTE DE NAVEGAR DOS PORTUGUESES Desde o Infante a D. João de Castro. Por..., Professor da Universidade de Coimbra. seguido de DUARTE PACHECO PEREIRA. Percursor de Cabral
Descrição:

Litografia Nacional, Porto, 1923. Dois volumes encadernados em um de in-4º de  76-(4) e 31-(4) págs. Encadernação editorial cartonada. Ilustrado ao longo texto e em extra-texto com quadros de dados, fotogravuras e gravuras de instrumentos náuticos fielmente reproduzidos. Tiragem restrita de 100 exemplares numerados. Valorizado pela dedicatória autógrafa. Cartonagens com algumas manchas marginais de humidade.

INVULGAR.

Observações:

Obras essenciais que resultaram de uma investigação muito rigorosa sobre a navegação durante os Descobrimentos portugueses. O segundo livro aborda a vida de Duarte Pacheco Pereira, um dos maiores navegadores portugueses.

Preço:90,00€